Diário, diário meu...

Diário, diário meu...

Total de visualizações de página

quarta-feira, 5 de setembro de 2012


FRAGILIDADE

Como o ser humano é frágil!
Um quase nada ante a imensidão deste mundo...
Ah... se todos tivessem disso consciência!
Quantos problemas evitaríamos
Quanto sofrimento poupado
Quantas rusgas desnecessárias
Quanto tempo perdido!
Sentimentos inúteis
Guerras, tolas guerras
Ambições desmedidas
Orgulhos idiotas...
Egoísmos
Ciúmes
Ódios...
Para quê?
Se no próximo segundo
pode,
este mesmo ser que tão complexa torna a vida,
jazer inerte,
sem vida!