Diário, diário meu...

Diário, diário meu...

Total de visualizações de página

terça-feira, 12 de novembro de 2013

segunda-feira, 11 de novembro de 2013



CHUVA/CHORO

Pingos de chuva escorrem
pela vidraça da minha sacada.
Lágrimas escorrem
pelo meu rosto...
Não,
não vou dizer que chove lá
e que chove aqui!
Quem sabe:
lágrimas aqui dentro
e mais lágrimas lá fora.
Por que não?
Por que não chora o tempo?
Não pode chorar a vida?
O mundo não chora?
Não seriam as lágrimas
de um planeta em convulsão?
Lágrimas da vida!
Pelos desastres
Pelas violências
Poluição
Desonestidades
Mágoas
Mortes
Tragédias
Desamores...
Tanto choro e tristeza
que a vida desabaria em lágrimas e mais lágrimas.
E
algumas pessoas
como eu
lacrimejantes
para acompanhar a chuva/choro
também choramos...
nos derramamos...
E assim
como o céu vai chorando,
lavando, limpando,
e clareando
vai nossa alma
se aliviando
se expurgando
acalmando...
até
respirar fundo
sem barreiras
livre
e leve!

11/11/2013
14h26min